Menina sequestrada

"Ela entrou em pavor", disse médico que examinou criança em Catende

Publicado em 28/12/2017 , às 08 h23

NE10 Interior

Médico Flávio Augusto atendeu a menina de três anos em Catende / Foto: reprodução/TV Jornal

Médico Flávio Augusto atendeu a menina de três anos em Catende Foto: reprodução/TV Jornal

O médico Flávio Augusto Andrade, que atendeu em Catende, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, a criança de três anos que foi sequestrada em Panelas, informou que o exame pericial realizado na menina identificou que ela havia sofrido agressão sexual. De acordo com o laudo, o hímen da menina havia sido rompido. Porém, o médico não soube precisar quando foi a violência. "Eu não tenho como confirmar se era recente, agudo, ou coisa mais antiga", informou.

Flávio Augusto também disse que na hora de realizar o exame clínico no sistema genito urinário, a criança ficou apavorada. "É um grande indício de que ela já havia sido abusada sexualmente", explicou. Perguntado se a menina vai precisar de tratamento psicológico, o médico disse que a paciente precisará de apoio psiquiátrico e psicológico "para o resto da vida". Além disto, a menina de três anos também apresentava quadro de desnutrição e está apenas com 10 quilos.

Apesar desta informação, divulgada na noite de quarta-feira (27), um laudo realizado pelo Instituto de Medicina Legal de Caruaru durante a madrugada desta quinta-feira (28) contradiz o do médico de Catende e alega que não houve nenhum tipo de violência, sexual ou física.

Menina encontrada nessa quarta

A criança foi localizada na noite de quarta-feira (27) no município de Catende, na Zona da Mata Sul, após passar quatro dias desaparecida. Ela foi sequestrada de dentro da casa dos pais no último domingo (24), Véspera de Natal. Ainda não há informações sobre onde a garota estava nos dias em que passou desaparecida. Uma coletiva de imprensa será realizada nesta quinta-feira, no Recife, para divulgar outros detalhes da investigação.

PALAVRAS-CHAVE: catende

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Fechar vídeo