Lagoa do Ouro

Criança de oito anos é vítima de tentativa de homicídio no Agreste

Publicado em 10/08/2018 , às 08 h32

NE10 Interior

Criança foi levada para o Hospital da Restauração, no Recife / Foto: arquivo/JC Imagem

Criança foi levada para o Hospital da Restauração, no Recife Foto: arquivo/JC Imagem

Um menino de oito anos foi vítima de tentativa de homicídio na manhã dessa quinta-feira (9) no Sítio Maçaranduba, na zona rural de Lagoa do Ouro, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Civil, a mãe da criança teria saído para trabalhar pela manhã e a deixado dormindo na residência. Pouco tempo depois, uma vizinha foi até a casa para checar se o menino havia acordado para tomar café da manhã. Foi quando encontrou a criança ferida.

A mãe do menino foi avisada e voltou para casa. Ele foi levado para o hospital municipal de Lagoa de Ouro e transferido para o Hospital da Restauração, no Recife. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, a criança deu entrada por volta das 13h30 e seguiu para o bloco cirúrgico. Agora, encontra-se na UTI pediátrica, entubado. O estado de saúde é grave.


A Polícia Civil informou que a criança apresentava ferimentos na cabeça e teve afundamento do crânio. Não foi possível precisar o instrumento utilizado no crime. Os médicos que atenderam o menino e a perícia do Instituto de Criminalística descartaram a hipótese de acidente doméstico.

Por meio de nota, o delegado José Custódio informou que após tomar conhecimento do fato, prontamente iniciou as investigações e a busca por um suspeito do crime. As diligências continuam em busca de informações para solucionar o caso.

Apesar de não saber a identificação do suspeito, a polícia já tem linhas de investigação, que não podem ser divulgadas para não atrapalhar a apuração dos fatos.

PALAVRAS-CHAVE: polícia interior lagoa do ouro

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo