REDES SOCIAIS

Homens que causaram revolta nas redes com ofensas a nordestinos se desculpam

Publicado em 11/01/2019 , às 08 h02

JC Online

Homens disseram que não quiseram ofender nordestinos / Foto: Reproduçao/Vídeo

Homens disseram que não quiseram ofender nordestinos Foto: Reproduçao/Vídeo

Os dois homens que causaram revolta nessa quarta-feira com comentários contra nordestinos e pessoas da Região Norte do País vieram a público pedir desculpas pelas palavras proferidas em vídeo vazado. Os dois procuraram a imprensa e fizeram a retratação pelo ocorrido.

“Aludido vídeo foi gravado em uma roda de amigos, e visava uma brincadeira privada, brincadeira essa que, reconhecemos ser infeliz e de péssimo gosto. Veiculada de forma contextualizada, tomou proporções inimagináveis, motivo pelo qual, de pronto, a rechaçamos e manifestamos total retratação”, escreveram.

Um dos homens é sócio da empresa mineira Ramos e Campos Importação e Exportação Ltda, conhecida como Primus Gemstones. Outro é professor e médico veterinário. No pedido de desculpas, eles se identificam como Lucas Campos e Vinicíus Raposo.

O CASO

A dupla acabou viralizando nas redes sociais nessa quarta-feira com o vídeo em que ambos proferiam palavras de cunho preconceituoso contra nordestinos e nortistas. O vídeo causou revolta entre os nordestinos, principalmente.

"Em momento algum, tivemos a intenção de agredir verbalmente qualquer pessoa ou grupo de pessoas, tampouco quisemos expressar ali um sentimento de ódio, preconceito, discriminação ou incitação de violência. Nunca foi nossa intenção", diz outro trecho do texto de desculpas. "Reiteramos o pedido de sinceras desculpas a todos aqueles que, por qualquer motivo, se sentiram ofendidos com as palavras ditas por nós, que não condizem com as nossas convicções", complementaram.

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo