Desfecho

Segundo suspeito de matar segurança na Má Fama é preso

Publicado em 13/03/2019 , às 15 h17

NE10 Interior

Segurança Jean Carlos Pereira da Silva, 34 anos, foi morto em frente à boate em que trabalhava na Rua da Má Fama / Foto: reprodução/TV Jornal Interior

Segurança Jean Carlos Pereira da Silva, 34 anos, foi morto em frente à boate em que trabalhava na Rua da Má Fama Foto: reprodução/TV Jornal Interior

O segundo suspeito de envolvimento na morte do segurança de uma boate na Rua Silvino Macêdo (Rua da Má Fama), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi preso no início da tarde desta quarta-feira (13), logo após uma coletiva de imprensa realizada pela Polícia Civil sobre o caso. Ele foi identificado como Lucas da Silva, 18 anos. O segurança Jean Carlos Pereira da Silva, 34 anos, foi morto em frente ao estabelecimento na madrugada de 2 de fevereiro deste ano.

O primeiro suspeito de cometer o crime, Jonas Félix Alves, 23 anos, foi preso dentro da 2ª fase da intervenção tática Noturnos. Na primeira fase, foram presos os suspeitos de matar, também na Má Fama, o garçom Renan da Silva Melo, 25, em 28 de outubro de 2018. O segundo suspeito de cometer o crime contra o segurança, um jovem de 18 anos, está foragido.

De acordo com o delegado Anderson Liberato, responsável pelas investigações, os jovens chegaram na boate por volta das 22h30 com outros dois amigos; deixaram o estabelecimento às 3h30 e voltaram às 3h50 para cometer o crime.

No dia seguinte ao homicídio, um jovem que também estava na boate apresentou-se na delegacia e chegou a preso por meio de mandado de prisão temporária, mas foi liberado menos de uma semana depois, pois a participação dele foi descartada.

A principal linha de investigação da polícia é que o segurança teria sido morto depois de expulsar algumas pessoas da boate depois de uma briga registrada no estabelecimento. Imagens de câmeras de segurança foram colhidas e utilizadas nas investigações.

PALAVRAS-CHAVE: agreste caruaru interior

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo