Entrevista

"Nenhuma nação do mundo prospera sem dar ao seu povo oportunidade de ganhar a vida", diz Ciro Gomes em entrevista à Rádio Jornal Caruaru

Publicado em 06/09/2018 , às 09 h48

NE10 Interior

 

Candidato concedeu entrevista na manhã desta quinta-feira (06) / Foto: EBC

Candidato concedeu entrevista na manhã desta quinta-feira (06) Foto: EBC

Em visita ao Nordeste, o candidato à presidência nas eleições 2018 pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista), Ciro Gomes, concedeu entrevista na manhã desta quinta-feira (06), à Rádio Jornal Caruaru.

Na última pesquisa JC/Ibope/TV Globo, que considerou um cenário sem Lula, Ciro está com 13%, ultrapassando o adversário Jair Bolsonaro (PSL), com 12%, nas intenções de votos em Pernambuco. Durante a entrevista, Ciro evitou comentar seu desempenho no levantamento, onde aparece atrás apenas de Marina Silva, com 15%. "Pesquisa para mim é um retrato do momento. Eu tenho me esforçado para propor ao Brasil uma coisa prática, concreta, uma agenda que consulte os interesses objetivos do nosso povo. Sou nordestino e conheço a dor dos nordestinos como nenhum outro candidato. Talvez o povo gradualmente perceba isso e eu tenho uma vontade imensa de ajudar esse povo a superar tudo isso", explicou. 

Quando questionado sobre a dependência das pessoas em programa sociais, Ciro disse que é preciso primeiro garantir que não haja retrocesso. "O Bolsa Família não é só a segurança de ter só as três refeições no prato do mais pobre. É também a condicionalidade de manter a criança na escola. O que precisamos fazer em encostar nessa gente sofrida e pobre do Brasil, programas importantes de preparação para o trabalho", afirmou. "Nenhuma nação do mundo prospera sem dar ao seu povo oportunidade de ganhar a vida pela decência de um bom salário e um trabalho digno", disse.

Ainda na entrevista, Ciro Gomes falou sobre propostas para seu governo, segurança pública e o atual cenário político do país.

Confira a íntegra da entrevista:

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo