Descartado

Macaco encontrado morto em Caruaru não oferecia risco de febre amarela, diz Secretaria

Publicado em 22/02/2018 , às 17 h55

NE10 Interior

Animal estava em estado de decomposição.  / Foto: reprodução/ Whatsapp

Animal estava em estado de decomposição. Foto: reprodução/ Whatsapp

A Secretaria de Saúde de Caruaru informou que o sagui encontrado morto nesta quinta-feira (22), no bairro Nova Caruaru, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, estava em estado de decomposição e, praticamente, não existe nenhuma possibilidade de transmitir a febre amarela, pois no local não existe mata, impossibilitando o aparecimento dos mosquitos que transmitem a forma silvestre.

Também foi observado que não há nenhum foco do mosquito Aedes aegypti na localidade. Ainda de acordo com a secretaria, os restos do animal foram recolhidos e encaminhados para uma empresa de descarte de lixo contaminado.

Macaco não transmite a doença

A secretaria informou ainda que o macaco não transmite a febre amarela, ele serve como sentinela para identificação da doença. Caso as pessoas encontrem algum primata morto, não devem mexer no animal e ligar imediatamente para Vigilância Sanitária, através do número: 3701.1407 ou pelo whatsapp: 9.8384.5380.

PALAVRAS-CHAVE: agreste macaco caruaru interior

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Fechar vídeo