Maxambomba

Há 150 anos, Recife inaugurou o primeiro trem urbano da América Latina

Publicado em 05/01/2017 , às 10 h54

NE10

Recife tinha uma ponte para que a Maxambomba passasse / Foto: Reprodução/Recife de Antigamente

Recife tinha uma ponte para que a Maxambomba passasse Foto: Reprodução/Recife de Antigamente

Recife tem fama de megalomania, e não é para menos. A cidade reúne diversos “títulos” de maiores coisas, vide “a maior avenida em linha reta” (Avenida Caxangá), o maior bloco carnavalesco de rua (Galo da Madrugada) entre outras histórias que os pernambucanos adoram contar para turistas e não turistas. Mas existe uma que pouca gente conhece: o primeiro trem urbano da América Latina foi inaugurado no Recife, há exatamente 150 anos, no ano de 1867. Chamado de Maxambomba, o trenzinho ajudava as pessoas entre o fim do século 19 e início do século 20 a se locomover mais rápido pela cidade.

mx620

Era um trem que transportava passageiros constituído de uma pequena locomotiva, cuja cabine não tinha coberta, que puxava dois ou três vagões, de um ou dois andares. O nome “maxambomba” surgiu de uma corruptela da expressão em inglês “machine pump”.

De acordo com a página "Recife de Antigamente", havia uma ponte em que o trem passava, que ficava próximo da Igreja dos Ingleses, no Centro da cidade. "Alguns diziam, como bem escreveu Mário Sette: 'Trepei na bomba / Comi pitomba; / Atirei caroço /Na maxambomba'", escreveu o criador da página no Facebook, Wilton Carvalho.

Confira imagens de outros transportes que circulavam pelo Recife há muitas décadas:


Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo