No Brasil

Conheça as profissões com melhores e piores salários no Brasil

Publicado em 30/04/2016 , às 19 h21

NE10

Salário do trabalhador brasileiro é proporcional ao tempo gasto por ele nos estudos / Foto: reprodução

Salário do trabalhador brasileiro é proporcional ao tempo gasto por ele nos estudos Foto: reprodução

A média salarial do brasileiro gira em torno dos R$ 1.725. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através do último estudo Síntese de Indicadores Sociais — Uma análise das condições de vida da população brasileira 2015. Já um levantamento feito pelo site de busca de empregos Adzuna.com aponta que o salário médio das vagas abertas para profissionais com diploma universitário, por exemplo, é de R$ 2.347.

Esses valores, no entanto, podem parecer inalcançáveis para algumas categorias que muito fazem em troca de um salário mínimo (R$ 880) ou extremamente baixos para quem ocupa funções que pagam vencimentos de até seis dígitos. A verdade é que, em geral, os valores pagos para os profissionais brasileiros depende de sua escolaridade, da região em que atuam, e da área que escolheram se especializar. 

Neste campo, diversas instituições como Datafolha, empresas de recursos humanos, sites de busca de empregos e até a revista norte-americana Forbes, já divulgaram listas com as profissões que oferecem os melhores e piores salários. O NE10 cruzou as informações desses rankings e chegou ao seguinte top 5: medicina, administração, direito, ciências econômicas e ciências contábeis e engenharias. Os valores do salários dessas categorias, no Brasil, variam entre R$8.900 e 5.400.

NO RECIFE - Um ranking feito pela consultoria internacional de Recursos Humanos Michael Page, a pedido da publicação Época Negócios, avaliou os cargos (e não as profissões) com os melhores salários em 2014. Os dados foram apresentadores em 2015 de acordo com o que era oferecido em sete capitais brasileiras. No caso do Recife, a vaga de diretor de operações é a que promete os melhores vencimentos. Veja a lista:

Cargos com melhores salário Vencimentos mensais
Diretor de Operações R$ 30 mil
Diretor Comercial R$ 25 mil
Gerente Industrial (Indústria pesada) R$ 25 mil
CFO* R$ 24 mil
Diretor de Técnico (Setor Elétrico) R$ 20 mil
Gerente Regional (Incorporadora / Construtora) R$ 20 mil
Gerente de Contratos (Imobiliário) R$ 16.500
Controller R$ 15 mil

* Equivalente ao salário de um gerente Geral de Obra e ao de um diretor de Relações Internacionais
Dados: Michael Page - Consultória Internacional de Recursos Humanos

PIORES EMPREGOS - Uma lista feita pela revista norte-americana Forbes, especializada em negócios e economia, aponta as priores profissões do mundo no tocante à remuneração e às chances conquistar um emprego, são elas: artes relacionadas a vídeo e fotografia, artes plásticas, filosofia e teologia, artes, música, educação física, design gráfico, história, literatura e letras, antropologia e Arqueologia.

Já uma pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna.com criou a lista dos dez piores empregos no Brasil - baseado nas vagas anunciadas no site a partir de critérios como: potencial financeiro, ambiente de trabalho, competitividade e demanda de mercado.

- Motorista de ônibus
- Entregadores
- Assistentes de cozinha
- Jornalistas
- Policiais
- Vendedores
- Empregadas domésticas
- Garçons
- Assistentes sociais
- Seguranças

QUALIFICAÇÃO É O SEGREGO - A pesquisa do IBGE revela que o salário do trabalhador brasileiro é proporcional ao tempo gasto por ele nos estudos. O levantamento usou dados de 2014 e descobriu que aqueles com 12 anos ou mais de estudo ganhavam, em média, R$ 27,50 por hora. Por outro lado, quem tinha até quatro anos de estudo ganhava, em média, R$ 7,25.

Além da qualificação, o estudo apontou ainda que, embora o salário médio do trabalhador brasileiro seja R$ 1.725, existe uma disparidade entre os rendimentos de homens e de mulheres. Enquanto as mulheres ganham, em média, R$ 1.436, os homens faturam, em média, R$ 1.935.

DIA DO TRABALHADOR - Desde o fim do século XIX o dia 1º de maio é tido como o Dia do Trabalho ou o Dia do Trabalhador. A data é celebrada  no Brasil, nos Estados Unidos e em vários outros países ocidentais. O primeiro dia do mês de maio foi escolhido em razão de uma onda de manifestações e conflitos violentos desencadeada a partir de uma greve geral. Essa paralisação interrompeu atividades nos parques industriais da cidade de Chicago (EUA), no dia 1º de maio de 1886. No caso específico do Brasil, há relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, somente em setembro de 1925 que a data se tornou oficial - e feriado nacional, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo