Greve

Servidores do INSS paralisam atividades a partir desta sexta

Publicado em 10/07/2015 , às 08 h34

Do NE10 Com informações da Rádio Jornal

Sindicato dos Trabalhadores da Previdência Social pedem reajuste de 27,3% / Foto: Agência Brasil

Sindicato dos Trabalhadores da Previdência Social pedem reajuste de 27,3% Foto: Agência Brasil

Os servidores do INSS começaram greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira (10) em 19 estados e no Distrito Federal. Desde terça (7), os trabalhadores só atendem as pessoas que já estavam agendadas. Em Pernambuco, além das agências do INSS, os serviços de saúde em policlínicas e hospitais também são afetados.

O grupo se reúne nesta manhã em frente à Gerência da Previdência Social do Recife, no bairro de Santo Amaro, área central da capital pernambucana, onde entrega carta aberta à população, explicando os motivos da greve. 

"Essas novas medidas econômicas do governo fizeram com que faltasse até material de expediente, impressora quebrada dificultando nosso trabalho, além do sistema lento", denuncia o coordenador-geral do Sindsprev, Bonifácio do Monte, que espera adesão de 90% à paralisação.

A decisão de parar foi tomada na segunda (6), em assembleia que contou a participação de 200 servidores do Estado. O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social (Sindsprev) alega que as negociações com o Governo Federal, que tratam da campanha salarial dos profissionais, estão tramitando desde 2009, assim como o plano de carreiras.

Ainda segundo a categoria, o Ministério do Planejamento apresentou uma proposta de reajuste de 21,3%; quando a reivindicação é um reajuste salarial de 27,3%. Os trabalhadores alegam que o valor proposto não repõe a inflação do período.

Além das questões salariais, o Sindsprev alega que o modelo de gratificações por meta adotado no setor é "condenável" e precisa ser revisto. Pede ainda a realização de concurso público.

Em nota emitida no dia de anúncio da greve, o INSS diz que "mantém as portas abertas" para uma negociação sobre o impasse com os servidores.

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo