Braços cruzados

Em greve, aeronautas e aeroviários paralisam atividades nesta quinta

Publicado em 21/01/2015, às 21h43 | Atualizado em 21/01/2015, às 21h52

Do NE10

EM 2014, o aeroporto do Recife recebeu mais de 6,8 milhões de passageiros / Foto: divulgação

EM 2014, o aeroporto do Recife recebeu mais de 6,8 milhões de passageiros Foto: divulgação

A partir desta quinta-feira (21), os aeronautas e aeroviários do Brasil iniciarão uma greve, com interrupção dos serviços entre 6 e 7h [horário de Brasília]. De acordo com os sindicatos das categorias, a paralisação se repetirá nos dias seguintes e no mesmo período, podendo ainda se estender até a tarde. As entidades afirmam ainda que tentam negociação com as empresas aéreas desde setembro, porém, as reivindicações — a maioria cláusulas sociais — não foram atendidas.

“Nenhum aeronauta e aeroviário vai exercer qualquer atividade nesse período. Não ocorrerão, pelo menos, decolagens”, disse o presidente da Fentac, Sérgio Dias, acrescentando que a escolha do horário se deve ao número de aeronaves que trafegam nos aeroportos nesse período.

A falta de atendimento por uma hora causará atrasos nos principais aeroportos do país. Segundo o presidente da federação, desde a última sexta-feira (16), os passageiros estão recebendo panfletos explicativos sobre a greve.

Os trabalhadores pedem aumento de 8,5% nos salários e benefícios, além de melhores condições de trabalho e do estabelecimento de um piso salarial para os agentes que fazem o check-in, entre outros pontos. Dias explicou que  as empresas foram comunicadas sobre a greve.

Em nota, o Snea e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas informaram que, até o fim da semana passada, não foi possível chegar a um acordo com os trabalhadores. Dois terços das cláusulas colocadas na reunião foram aceitas parcialmente pelas empresas, que também apresentaram proposta garantindo aumento real de salários e melhoria em diversos benefícios, como os vales-refeição e alimentação e diárias.

No site dos aeronautas, a categoria divulgou uma nota informando que havia sido notificada para uma nova rodada de negociações ainda esta semana. Confira o comunicado na íntegra:

O Sindicato Nacional dos Aeronautas recebeu, no fim da tarde desta quarta-feira (21), intimação para audiência de conciliação, designada para o dia 23, sexta-feira, no Tribunal Superior do Trabalho.

Tal audiência se refere ao Dissídio Coletivo de Greve impetrado pelo SNEA em face do SNA e buscará a construção de um entendimento entre as partes, com atuação do Poder Judiciário.

A Diretoria do SNA representará a categoria para defesa dos interesses dos trabalhadores, atendendo aos anseios demonstrados incisivamente em assembleia.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo