São Paulo

Policial militar é preso acusado de participar da chacina de Carapicuíba

Publicado em 24/09/2015 , às 11 h46

Da Folhapress

Um policial militar foi preso nesta quinta-feira (24) por suspeita de participar da chacina que deixou quatro jovens mortos em Carapicuíba, na Grande São Paulo, na madrugada do último sábado (19).

As vítimas foram encontradas com as mãos na cabeça e deitadas de bruços, mortas em frente a pizzaria em que trabalhavam como entregadores.

O policial preso é do 20º Batalhão da Polícia Militar (Barueri, Itapevi e Santana de Parnaíba), já investigado pela chacina de Osasco e Barueri, que deixou 19 mortos um mês antes.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou na segunda (21) que não descarta a ligação entre as duas chacinas, embora ainda não haja fato que ligue os ataques. Conforme a Folha de S.Paulo informou nesta quinta, há suspeita de que as mortes de agosto estejam relacionadas a outros 13 assassinatos, ocorridos cinco dias antes.

PALAVRAS-CHAVE: brasil notícias

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo