Aeroportos

Infraero investe em nova identidade sonora

Publicado em 25/08/2014 , às 16 h19

A adoção da nova estratégia de comunicação com os passageiros deve funcionar em todos os aeroportos até o fim do ano  / Foto: Edmar Melo/JC Imagem

A adoção da nova estratégia de comunicação com os passageiros deve funcionar em todos os aeroportos até o fim do ano Foto: Edmar Melo/JC Imagem




A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) iniciou nesta semana a mudança padrão sonoro utilizado em seus terminais aéreos. A adoção de uma nova estratégia de comunicação com os passageiros começa pelo aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e estará implantado nos demais aeroportos da Infraero até o fim do ano. O investimento foi de R$ 207 mil.

A Infraero contratou a agência Zanna Sound, que atua na criação de identidades sonoras. A proposta dessa mudança é buscar maior proximidade com os passageiros. "As mudanças na operação dos aeroportos no Brasil exigem da Infraero uma postura diferente em relação ao passageiro, de forma que a empresa procure cativar o seu cliente", afirma o presidente da estatal, Gustavo do Vale.

A "música Infraero", que mistura instrumentos como violoncelo, berimbau, cuíca, flautas e acordeom, será reproduzida nos ambientes aeroportuários e em trilhas de filmes, sistema de atendimento ao cliente e eventos. Também foi criado o "Logo Sonoro", com três segundos. Extraído do refrão, é a síntese da música Infraero e será executado nas chamadas em espera, filmes e spots publicitários, site, eventos e irá antecipar todas as mensagens institucionais nos aeroportos.

Também foram criados outros dois logos sonoros para reprodução exclusiva nos aeroportos: o "Logo Atenção", para mensagens de voos e assuntos que mereçam atenção dos passageiros, e o "Logo Comercial", que anuncia mensagens de cunho comercial.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Fechar vídeo