Passado

História do Recife passa pela Agamenon Magalhães

Publicado em 21/09/2015, às 17h31 | Atualizado em 22/09/2015, às 10h54

Do NE10

Imagem aérea da Avenida Agamenon Magalhães /

Imagem aérea da Avenida Agamenon Magalhães




Não são apenas carros, ônibus e pessoas que passam pela Avenida Agamenon Magalhães, área central do Recife. Parte da história da cidade também pode ser contada através da via, que já foi palco de inúmeros protestos e de cenas que marcaram a vida dos recifenses, como a cheia de 1975, por exemplo. A Agamenon, como várias ruas e avenidas do Recife, ficou embaixo d'água, como mostram as fotografias do acervo pessoal do empresário Gabriel Barcelar.

Registros fotográficos do Museu da Cidade do Recife também ajudam a resgatar a memória da avenida. O historiador Sandro Vasconcelos selecionou para o NE10 algumas imagens da via na década de 50, que mostram os serviços de contenção e construção do canal, antes mesmo da construção da própria avenida. Esta teve as obras finalizadas apenas no início da década de 70. "O documento que foi assinado para construção da avenida é de 53, na gestão de José do Rêgo Maciel. Já as obras foram encerradas no fim da gestão do prefeito Geraldo Magalhães", destaca.

Mas, afinal, quem foi Agamenon Magalhães? Agamenon Sérgio de Godoy Magalhães nasceu em 1894, em Serra Talhada e foi governador de Pernambuco por duas vezes. Formado em direito, ele também foi professor de geografia, deputado federal e ministro do Trabalho e da Justiça. De acordo com Jorge José Santana, autor do livro "Os governadores de Pernambuco", que será lançado hoje no Palácio do Campos das Princesas nesta segunda, Agamenon foi um grande gestor. 

"Ele era muito ligado na parte social. Tanto que ele lançou uma campanha para reduzir a quantidade de mocambos (habitações pobres da época) e construiu casas para as pessoas que moravam neles", comenta Jorge. Além disso, ele ressalta que o ex-governador também ficou conhecido por ter investido no interior de Pernambuco. "Foi um batalhador pelo crescimento do estado", completa. Agamenon Magalhães é avô do ministro Armando Monteiro Neto.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo