AO VIVO
Veja Lucy Alves e Alok no São João de Caruaru

Interdição

Anvisa proíbe venda de paçoca por alto teor de substância cancerígena

Publicado em 20/03/2017 , às 21 h05

Estadão Conteúdo

Segundo a resolução, o lote 0027, fabricado em 18 de novembro de 2016, estava impróprio para o consumo / Foto: Dicel/ Reprodução

Segundo a resolução, o lote 0027, fabricado em 18 de novembro de 2016, estava impróprio para o consumo Foto: Dicel/ Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou nesta segunda-feira, 20, um lote de paçoca rolha da marca Dicel, produzida em Goiânia (GO). Os produtos interditados excediam o limite permitido de aflatoxinas, substâncias tóxicas produzidas por fungos de substância cancerígena.

Segundo a resolução, o lote 0027, fabricado em 18 de novembro do ano passado, com validade até 18 de novembro deste ano, estava impróprio para o consumo. O alimento é distribuído pela Indústria e Logística Westhonklauss Constante Ltda.



O laudo do Laboratório de Análise Micotoxicológicas, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, atestou teores de aflatoxinas acima do limite máximo tolerado para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.

Interdição em todo Brasil

A interdição vale para todo o território nacional.

Procurada, a Dicel informou que não havia sido notificada sobre a interdição.


Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo