Capital

Eleitores reclamam das filas e da biometria no maior colégio eleitoral do Recife

Publicado em 05/10/2014, às 11h22 | Atualizado em 05/10/2014, às 11h24

Thiago Wagner Do NE10

A FBV recebe 9.118 eleitores segundo o TRE-PE / Foto: Thiago Wagner/Portal NE10

A FBV recebe 9.118 eleitores segundo o TRE-PE Foto: Thiago Wagner/Portal NE10

No maior colégio eleitoral do Recife, a Faculdade Boa Viagem, na rua Jean Emile Favre, zona sul da cidade, muitas filas e reclamações na hora de votar. Os eleitores questionaram principalmene o longo tempo de espera para chegar até a urna, uma média de 30 minutos. Argumentaram que a biometria, novidade na capital pernambucana, está atrasando o voto. A FBV recebe 9.118 eleitores segundo o TRE-PE.

"Sempre votei aqui e está pior do que antes da biometria. Ninguém chegou para explicar o motivo da demora. Estou há 20 minutos e acho que vai demorar mais um pouco", disse o mecânico industrial Carlos Eduardo, de 20 anos.

"Está parado e demorando muito. Deve ser a biometria, mas também tem muitos idosos. É o primeiro ano que enfrento fila", afirmou o analista fiscal Daílton Bernardo, 41 anos.

Além da espera, muitos eleitores se queixaram do calor do local de votação, principalmente por conta da aglomeração de pessoas em um espaço considerado apertado. Em muitos momentos, ficava difícil diferenciar uma fila da outra. "Tem muita fila e muito calor", reclamou a comerciante Maysa Araújo, 49 anos.

Ainda assim, teve quem conseguiu votar rápido. Foi o caso do aposentado Fernando Antônio, 63 anos. Ele deu a 'sorte' da seção estar com pouca gente quando chegou à faculdade. "Demorei dez minutos. Não tinha muita gente e agora posso curtir o dia e pegar uma praia", brincou.

Procurados pela reportagem do NE10, os representantes do Tribunal Eleitoral Regional de Pernambuco no prédio confirmaram que o processo de voto está mais lento do que os anos anteriores, mas que está ocorrendo de maneira tranquila. "Tem muita gente e a biometria está devagar um pouco com os idosos. Mas a votação está tranquila, sem tumultos", disse Kátia Moreira, administradora do prédio pelo TRE.

Escola Novo Contato, na rua Dom Expedito Moura, em San Martin, tem apenas 96 eleitores

Escola Novo Contato, na rua Dom Expedito Moura, em San Martin, tem apenas 96 eleitores Foto: Thiago Wagner/Portal NE10



SEM FILAS

Se alguns demoraram para votar nesta manhã de domingo, outros não demoraram nem um minuto para isso. Foi o caso de Camila Cristina, 16 anos, uma das 96 eleitoras do menor colégio eleitoral do Recife, a Escola Novo Contato, na rua Dom Expedito Moura, em San Martin. Mesmo sem ser obrigada a votar, Camila veio exercer o direito e não encontrou ninguém na fila. "Em média recebemos umas 20 pessoas. De meia em meia hora chega alguém. Até agora não veio ninguém justificar o voto", explicou Mariana Nunes, administradora do prédio pelo TRE.

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: Roberto Lemos- 05/10/2014 17:15 Fiquei uma hora e 20 minutos na fila para votar. A leitura biométrica apenas ajudou a atrapalhar mais as já atrapalhadas seções eleitorais.
  • De: Nilson- 05/10/2014 16:40 foi a pior votação que já fiz, muita desorganização, esse sistema biométrico é um problema ao invés de agilizar está provocando o maior transtorno, demorei 2(duas) horas para votar por problemas na biometria, o aparelho não reconhecia as digitais.

Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo