AO VIVO
Veja Lucy Alves e Alok no São João de Caruaru

Furacão Matthew

Obama declara estado de emergência na Flórida por causa do Matthew

Publicado em 06/10/2016 , às 15 h27

AFP

Barack Obama, anunciou um plano de ajuda federal à Flórida (sudeste), aonde o furacão Matthew, que deixou mais de cem mortos no Caribe. / Foto: Joshua Stevend / NASA / AFP

Barack Obama, anunciou um plano de ajuda federal à Flórida (sudeste), aonde o furacão Matthew, que deixou mais de cem mortos no Caribe. Foto: Joshua Stevend / NASA / AFP

O presidente americano, Barack Obama, anunciou um plano de ajuda federal à Flórida (sudeste), aonde o furacão Matthew, que deixou mais de cem mortos no Caribe, chegará nas próximas horas.

Ao decretar o estado de emergência federal, o presidente permite desbloquear rapidamente recursos federais de assistência e que as agências de segurança interior (DHS) e de gestão de situações de emergência (Fema), coordenem os trabalhos de resgate.

 

Haiti, o mais atingido

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

Furacão Matthew deixa rastro de destruição


Crédito: AFP

 

O Haiti foi o país mais atingido por este furacão. "A situação nas principais cidades que sobrevoamos é catastrófica", comentou o presidente provisório, Jocelerme Privert.

O vento e as chuvas inundaram cerca de 2.000 casas, danificaram 10 escolas, destruíram importantes áreas agrícolas, empresas, estradas e pontes. Mais de 21.000 pessoas foram evacuadas e instaladas em refúgios provisórios.

O Haiti, muito vulnerável às intempéries devido a um grande desmatamento, tenta se recuperar do terremoto de 2010 que deixou mais de 200.000 mortos no país mais pobre do Caribe. Agora teme que se manifeste um reaparecimento da epidemia de cólera, considerando que já foram registrados oito novos casos.

As eleições presidenciais no país, previstas para domingo (9), foram adiadas na quarta-feira (5) diante da situação deixada pelo furacão.

Anteriormente, Matthew já havia atingido o extremo leste de Cuba, onde os municípios Baracoa, Imías, Maisí e San Antonio del Sur da província de Guantánamo estavam isolados e bastante destruídos, porém ainda não há informações sobre vítimas.

PALAVRAS-CHAVE: notícias mundo matthew

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo