AO VIVO
Siga o jogo Ponte Preta x Sport, pela Copa Sul-Americana

2º dia de julgamento

Defesa de Jorge tenta convencer júri sobre doença mental do réu

Publicado em 14/11/2014, às 14h28 | Atualizado em 14/11/2014, às 15h14

Amanda Miranda Do NE10

 / Foto: Luiz Pessoa/NE10

Foto: Luiz Pessoa/NE10

O laudo do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico de Pernambuco (HCTP) foi claro: Jorge Beltrão, 52 anos, Isabel Cristina, 53, e Bruna Cristina, 28, não são portadores de doenças mentais que os tornem inimputáveis, ou seja, anule a capacidade deles de compreender o crime que confessaram e as consequências dele. Apesar disso, nesta sexta-feira (14), no julgamento do caso, no Fórum de Olinda, na Grande Recife, a defensora pública Tereza Joazy, representante de Jorge, contestou o exame de sanidade mental e tentou convencer os sete jurados de que o réu tem alucinações e outros sintomas de doenças como a esquizofrenia.

#JÚRIDOSCANIBAIS
» Entenda o caso
» Acompanhe o julgamento em tempo real

"Se Jorge não tiver nenhuma deficiência para tudo que está ai, eu vou dizer uma coisa: tem que matar, que é bicho", afirmou a defensora, que iniciou sua fala com a oração de São Francisco de Assis, em referência ao momento de perdão que Jorge fez nessa quinta (13), no interrogatório. Tereza Joacy se refere ao ritual em que a moradora de rua Jéssica Camila da Silva Pereira, 17, foi assassinada, esquartejada e teve a sua carne comida pelos acusados há seis anos.

Se Jorge não tiver nenhuma deficiência para tudo que está ai, eu vou dizer uma coisa: tem que matar, que é bicho Tereza Joazy

A advogada argumentou que Jorge frequentou o Centro de Apoio Psicossocial de Garanhuns, o Caps das Flores, desde o ano seguinte à morte da vítima, com alucinações, delírios e outros sintomas. Baseando-se em um livro de medicina legal, alegou que essas são algumas características de pessoas esquizofrênicas. "Segundo o grande psiquiatra que esteve aqui ontem, não existe a esquizofrenia", ironizou. "Quem é ele para dizer que não existe?", acrescentou, após ler o diário 'Revelações de um esquizofrênico', escrito pelo réu.

Tereza Joacy argumentou ao júri que, por causa dessa suposta esquizofrenia, o acusado não pode ser condenado à prisão. Para a defensora, ele deve ser considerado semi-imputável, o que representaria uma redução na pena ou o encaminhamento a tratamento - no caso de Pernambuco, feito no HCTP, em Itamaracá, na Grande Recife. "Jorge, do jeito que está, não vai se recuperar nunca", destacou. Durante todo o tempo em que a sua representante falou ao Conselho de Sentença, Jorge manteve a cabeça firme, como durante todo o júri, mas algumas vezes desviou os olhos para a plateia. Isabel chegou a chorar e Bruna sorriu. 

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24

PALAVRAS-CHAVE: notícias júri dos canibais

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: Kelly- 14/11/2014 18:51 São 3 monstros que deveriam pegar pena de morte. Infelizmente nossa Constitucional não permite, porém,seria a melhor pena a ser aplicada a esse trio maldito.
  • De: LUIZ CARLOS- 14/11/2014 15:44 Não existe perdão para um crimes destes, este Jorge é manipulador, frio, calculista, falso e teatral. Muito me admira os chamados "Advogados do Diabo" terem a coragem e falta de profissionalismo ao fazerem a defesa destes crápulas. Nem teria que ter julgamento... deveriam ir direto para a pena de morte.
  • De: LUIZ CARLOS- 14/11/2014 15:40 Que Promotora em sua sã consciência tenta alegar a insanidade de um monstro desse? Ela fala isso porque não foi um filho dela que foi devorado por estes monstros, e se fosse queria ver se ela iria fazer a defesa deles nesta mesma linha. Então Sra. Promotora... pode mandar matar porque é bicho mesmo!!!
  • De: Maurício Oliveira- 14/11/2014 15:07 É simples: coloquem um prato cheio de fezes, quentinhas, e sirva ao elemento. Se ele comer, é doente mental.

Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo