Droga

Mais de 136 kg de maconha são apreendidos no Agreste de Pernambuco

Publicado em 25/10/2017 , às 08 h08

NE10 Interior

Três homens foram presos suspeitos de tráfico de drogas / Foto: divulgação/Polícia Militar

Três homens foram presos suspeitos de tráfico de drogas Foto: divulgação/Polícia Militar

A Polícia Militar apreendeu mais de 136 quilos de maconha na noite dessa terça-feira (24) em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Três homens foram presos suspeitos de tráfico de drogas, após perseguição e troca de tiros.

De acordo com a polícia, uma equipe de inteligência tomou conhecimento de que a droga chegaria ao município oriunda da cidade do Congo, na Paraíba. Os policiais conseguiram interceptar dois carros envolvidos: um com dois homens, que seriam batedores, e outro com um suspeito, que transportava a droga. Eles foram localizados em Jataúba.



Os dois suspeitos que estavam em um dos carros não portavam armas e não reagiram. Já o motorista do veículo em que a droga estava tentou fugir em direção a Santa Cruz do Capibaribe. Ele chegou a atirar contra os policiais militares, que revidaram os disparos. Foram cerca de 20 minutos de perseguição, que terminou após o suspeito entrar em uma estrada de terra e capotar em uma curva.

Dentro do veículo, a PM encontrou 136,6 quilos de maconha prensada em tabletes, pronta para o consumo, além de um revólver com três cartuchos deflagrados e 14 intactos, os dois carros e três celulares. Os suspeitos são um ex-presidiário de 25 anos, um presidiário também de 25, que usava tornozeleira eletrônica, e um homem de 34 anos que tinha mandado de prisão em aberto por homicídio. O trio e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Caruaru.


Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo