Prestação de serviço

Contrato de R$ 417 mil para coleta de lixo sob suspeita em Altinho

Publicado em 10/11/2017 , às 16 h46

NE10 Interior

Sócio da empresa não apresentou documentos provando prestação de serviço / Foto: reprodução/TV Jornal

Sócio da empresa não apresentou documentos provando prestação de serviço Foto: reprodução/TV Jornal

Uma empresa contratada através de dispensa de licitação no primeiro trimestre de 2017 pela Prefeitura de Altinho, no Agreste de Pernambuco, está sob suspeita. A Singular teria sido contratada para realizar a coleta de lixo do município em janeiro, fevereiro e março deste ano. Os pagamentos foram no valor de R$ 417 mil. A empresa não teria pago sequer o escritório de contabilidade que criou seu o CNPJ.

Veja na quarta e última parte da série investigativa "Sombras do Poder", exibida no "Povo na TV", da TV Jornal Interior:


PALAVRAS-CHAVE: agreste interior altinho

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo