RH Positivo

Planejando a estratégia no mundo VUCA

Publicado em 27/10/2017, às 17h50 | Atualizado em 27/10/2017, às 17h55

Por Izelita Soares*

No mundo VUCA planejamento é um grande desafio para o empresário brasileiro enfrentar / Foto: Reprodução/ YouTube

No mundo VUCA planejamento é um grande desafio para o empresário brasileiro enfrentar Foto: Reprodução/ YouTube

Se você é empreendedor ou empresário, tente responder sinceramente as seguintes perguntas:

» Você tem certeza que o seu modelo de negócios será viável daqui há 3 anos?
» Qual será seu faturamento em 2018?
» Quem será seu novo concorrente nos próximos meses?
» Será que a outra empresa deve ser tratada como concorrente ou parceira?
» Existe ameaça potencial de surgir uma tecnologia nos próximos meses que prejudique ou extermine seu negócio?

Fácil responder? só que não!

No mundo VUCA responder as perguntas acima é um grande desafio para o empresário brasileiro enfrentar, mas é preciso tentar fazer isto com coragem a fim de estar minimamente atento ao futuro e fortalecido na razão de continuar investindo em seu negócio.

E como se preparar para um mundo Volátil, Incerto, Complexo e AmbíguoPalavras que traduzem o significado da emergente sigla VUCA, mas que para mim poderia ser chamado de VULCÃO. Porque? Ora, a erupção de um vulcão pode resultar num grave desastre natural, por vezes de consequências globais. Tal como outros eventos naturais, as erupções são imprevisíveis e podem causar danos indiscriminados. Percebeu a semelhança? Pois é, a única certeza é a imprevisibilidade. As mudanças destrutivas podem vir a causar danos para alguns negócios e ganhos exponenciais para outros.

O que fazer para não ser surpreendido se o VULCÃO acordar bem próximo ao seu negócio? Comece revisando a missão e valores sim, mas principalmente descubra e defina um propósito maior da organização que dê significado e clareza a todos os colaboradores para continuarem perseguindo os objetivos estratégicos.

Procure analisar o ambiente externo e interno de forma ampla, analisando o ecossistema por meio de ferramentas que promovam a criatividade e colaboração. Decida com coragem pela melhor estratégia hoje, mesmo que os melhores caminhos ainda não sejam conhecidos, rompendo assim com o histórico de conquistas e fracassos e seguindo as tendências e possibilidades do futuro.

Defina objetivos e metas anuais, afinal são elas que nortearão suas equipes, mas não se apegue tanto a elas, esteja sempre disposto a mudar a meta quando esta não fizer mais sentido algum para a sustentabilidade da organização no futuro.

Por fim, como se estivesse indo para uma guerra, dedique-se a formar um exército de colaboradores capacitados e engajados no propósito da organização envolto a um significado capaz de promover a motivação necessária para persistirem agindo com autonomia e vontade de vencer num mercado complexo e incerto, mas repleto de possibilidades.

* Izelita Soares é Vice Presidente da ABRH-PE.


*As colunas assinadas não refletem, necessariamente, a opinião do NE10

PALAVRAS-CHAVE: notícias rh positivo vuca

RH Positivo ABRH-PE Esta coluna é uma parceria com a Associação Brasileira de Recursos Humanos em Pernambuco (ABRH-PE). abrhpe@abrhpe.com.br

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo