AO VIVO
Noite de São João com shows no Sítio da Trindade

Energia

Aneel abre audiência para novos valores de bandeiras em 2017

Publicado em 16/12/2016 , às 16 h31

Estadão Conteúdo

O valor do primeiro patamar da bandeira vermelha deve continuar em R$ 3 por 100 kWh consumidos / Foto: Alexandro Auler/ JC Imagem

O valor do primeiro patamar da bandeira vermelha deve continuar em R$ 3 por 100 kWh consumidos Foto: Alexandro Auler/ JC Imagem

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta sexta-feira, 16, a abertura de audiência pública para o sistema de bandeiras tarifárias em 2017, com os valores para cada cor e faixa do regime, que cobra um adicional nas contas de luz sempre que o custo da geração de energia aumenta no País.

A proposta da Aneel, que deve entrar em vigor em fevereiro de 2017, aumenta o valor da bandeira amarela de R$ 1,50 por 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos, para R$ 2,00 por 100 kWh.

Já o valor do primeiro patamar da bandeira vermelha deve continuar em R$ 3,00 por 100 kWh consumidos.

E, no sentido contrário, para o segundo patamar da bandeira vermelha, acionado quando a maior parte das usinas térmicas do País estão sendo usadas, o adicional nas contas de luz deve cair de R$ 4,50 por 100 kWh para R$ 3,50 por 100 kWh.

Bandeira vermelha em 2016

Em 2016, a bandeira vermelha vigorou nos meses de janeiro e fevereiro, enquanto os meses de março e novembro tiveram bandeira amarela. Nos demais meses, incluindo o atual dezembro, a bandeira ficou no verde, que não traz cobrança adicional nas contas de luz. Isso significa que os reservatórios das usinas hidrelétricas - que geram energia mais barata - estão em níveis adequados.

A audiência pública para os novos valores das bandeiras tarifárias irá de 19 de dezembro deste ano a 20 de janeiro de 2017.

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo