Inusitado

Paciente psiquiátrico furta ambulância e dirige a 170 km/h em Campinas

Publicado em 10/01/2017 , às 17 h21

Estadão Conteúdo

Paciente furtou a ambulância do Samu, no Hospital Municipal Ouro Verde, depois de agredir um segurança / Foto: Reprodução/ EPTV

Paciente furtou a ambulância do Samu, no Hospital Municipal Ouro Verde, depois de agredir um segurança Foto: Reprodução/ EPTV

Uma ambulância com sinalizadores e sirenes ligados a 170 km por hora surpreendeu os motoristas que transitavam pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, nesta terça-feira, 10, na região de Campinas, interior paulista. O que eles não sabiam é que, ao volante do veículo aparentando situação de extrema emergência, estava um paciente psiquiátrico. Ele tinha acabado de furtar a ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), no Hospital Municipal Ouro Verde, depois de agredir um segurança.

O veículo foi levado às 10h32 e recuperado dez minutos depois por integrantes da Guarda Municipal de Campinas, que foram avisados do furto pelo segurança. Os guardas relataram a dificuldade para interceptar a ambulância em razão da alta velocidade empreendida pelo condutor. Conforme os relatos, em alguns momentos, nas rodovias, a velocidade oscilou entre 150 e 170 km/h. Apesar do risco, não houve acidente grave e ninguém ficou ferido.

Após ser contido, o paciente contou que chegou a bater em outro carro, mas teria fugido e despistado o outro veículo. Funcionários constataram que a ambulância apresentava um ponto amassado na lataria, mas o veículo supostamente envolvido não foi localizado.

Paciente estava internado

O paciente, que não teve a identidade divulgada, estava internado desde segunda-feira, 9, no hospital, após apresentar um surto psicótico. De acordo com o segurança, o funcionário do Samu deixou o carro estacionado com a chave no contato para auxiliar outro paciente a entrar no hospital.

Foi quando o paciente que usava o uniforme do hospital, assumiu o volante e ligou o carro. O segurança tentou impedir a partida e foi agredido. O hospital registrou ocorrência na 2ª Delegacia Seccional por evasão de paciente, agressão e furto. A Secretaria Municipal de Saúde informou que vai apurar o caso.

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo