Alimentação

Guloseimas são liberadas nas férias, mas com restrições

Publicado em 06/01/2016, às 16h00 | Atualizado em 06/01/2016, às 21h01

Do NE10


Se a criança come um chocolate, ela precisa saber que é uma exceção e não faz parte da rotina  / Foto: divulgação

Se a criança come um chocolate, ela precisa saber que é uma exceção e não faz parte da rotina Foto: divulgação

Férias não combinam com obrigação. Nada de regras para acordar cedo nem tampouco fazer tarefas de escola. Para os pequenos o lema é diversão. Mas para os pais as atribuições não mudam e os cuidados com a alimentação das crianças, por exemplo, devem ser mantidos. Doces, chocolates e outras guloseimas até podem entrar no cardápio, mas sem exageros, é claro.

“Mesmo em férias a rotina não deve mudar, em se tratando da alimentação das crianças, que não pode ter nenhuma das três refeições substituídas por quitutes”, alerta a nutricionista Fabrícia Padilha.

Calma, papais e mamães! Tá liberado um pirulito aqui, uma pipoca acolá. Essa é a recomendação para não desequilibrar os hábitos alimentares dos pequenos que, a propósito, devem ficar cientes de tudo. “Se a criança come um chocolate, por exemplo, ela precisa saber que aquilo é uma exceção e que não vai passar a fazer parte de sua rotina.” 

Faz sentido. Até porque a fase de crescimento e desenvolvimento das crianças não é interrompida pelo fato de estarem em férias, inclusive aquelas que são aproveitadas em viagens, praias e outros espaços ‘tentadores’ ao paladar dos pequenos. 

“Há casos em que o almoço não vai seguir a rotina porque a família está numa praia. Não tem problema em quebrar um pouco a regra da alimentação saudável, mas sempre com o compromisso de voltar à rotina o quanto antes”, destaca a nutricionista. 

Picolés oferecidos nas areias das praias ou a infinidade de doces que preenchem os quiosques das entradas dos cinemas, portanto, não precisam ser ignorados pelos pais. Mas vale reiterar que são apenas exceções à regra de uma boa alimentação. “A criança não pode acordar querendo abrir um pacote de biscoitos”, ressalta Fabrícia, que faz outro alerta: “A água precisa se integrar à rotina das crianças, que desidratam facilmente e não têm o costume de pedir para tomá-la. É um líquido insubstituível que pode ser complementado por sucos - naturais, não os de caixinha porque têm conservantes e corantes, assim como os refrigerantes.”

Palitos de frutas podem ser divertidos e são saudáveis

Palitos de frutas podem ser divertidos e são saudáveis Foto: divulgação

Para os pais que enfrentam mais dificuldades em convencer os filhos de que o período das férias não significa liberdade para comer o que quer, a dica é somar guloseimas a opções saudáveis, que ‘encantem’ pelo visual sem, no entanto, deixar de satisfazer os nutrientes necessários ao organismo dos pequenos. 

“Um espetinho de frutas com um leve toque de calda de chocolate ou uma gelatina com frutinhas picadas ao fundo são boas opções que podem deixar as crianças felizes”. Então tá! 

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

  • De: Moises Carvalho Pereira- 08/01/2016 10:37 Férias combinam com guloseimas

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo